9 ferramentas essenciais para agente de investimentos

Desde o momento da prospecção de novos clientes até a hora de analisar a rentabilidade das carteiras que você gerencia, ferramentas ajudam profissionais de investimento a serem mais ágeis e precisos, o que impacta diretamente na performance das aplicações

 

Agente de Investimento Financeiro



Recentemente, com a popularização dos investimentos por meio de diversas plataformas digitais, cresceu o número de investidores e, consequentemente, o número de profissionais de investimentos, como agentes autônomos, assessores, consultores e gestores patrimoniais. Independentemente da quantidade de ativos sob gestão ou o tamanho da corretora que representam, esses profissionais sempre demonstraram ser aliados de grande importância para investidores e Family Offices.

 

Por meio de seus serviços de assessoria , eles elevaram o profissionalismo e, principalmente, a rentabilidade das aplicações financeiras. Nas últimas décadas, o segmento registrou muito progresso por causa das diversas tecnologias que surgiram para atender suas mais diversas demandas. A assessoria de investimentos tornou-se ainda mais baseada em números, reports e dashboards.

Hoje, podemos notar claramente as etapas que compõem o trabalho de um profissional desse setor, desde a prospecção de novos clientes até os relatórios de rentabilidade dos investimentos.

 

Esse trabalho está divido em três frentes:

 

Back Office

Back Office

Esse é o termo utilizado para descrever todas as tarefas e atribuições de um profissional de investimentos após a captação de clientes. É como se fosse os bastidores de um assessor de investimentos. É aqui que  se realiza o controle dos dados dos clientes, seu cadastro, verificação do background e da origem do patrimônio, o perfil, quais estratégias são mais adequadas, se as aplicações realizadas estão de acordo com suas características, etc.. Ainda aqui, controla-se alguns itens administrativos do seu negócio, como o controle de  receitas e rebates, levando em conta a forma de remuneração acordada com cada cliente, com cada instituição financeira e com cada assessor.

Trading

Trading

É a etapa na qual o assessor, consultor ou agente autônomo de investimentos realiza as negociações de ativos financeiros baseado nas estratégias e carteiras de investimento discutidas e aprovadas com cada um de seus clientes.

Front Office

Front Office

É neste processo que o profissional de investimentos fica “cara a cara” com o cliente – daí o termo Front Office, como linha de frente – e reporta como o dinheiro de seus clientes foi investido, qual foi sua rentabilidade e riscos e realiza outras análises. Também nessa etapa, o gestor patrimonial, agente autônomo, assessor ou consultor debate com os clientes novas estratégias de composição de carteira, simulando, comparando e consolidando ativos.

 

Nesta etapa, o profissional também realiza a prospecção de novos clientes, uma vez que ele também precisa comparar, simular, e demonstrar para seu prospect estratégias de investimento que sejam melhores que a do próprio cliente em potencial e melhores que a de   profissionais que não são especializados em investimentos - como é o caso dos gerentes de bancos.

 

Para realizar essas atribuições com êxito, de forma ágil e inteligente, utilizando a tecnologia a seu favor, a SmartBrain elencou as seguintes ferramentas indispensáveis para esses processos, separadas por cada frente de trabalho:


Back Office

CRM – Client Relationship Manager

Muito presente em diversos outros mercados, as ferramentas de gestão de relacionamento de clientes, ou CRM, são cruciais no momento em que um prospect se torna cliente. É nela que o profissional de investimentos vai dar o input de dados, como nome, sobrenome, endereço, CPF/CNPJ, documentos de identificação e tamanho do patrimônio investido. Isso garante um controle maior sobre a organização de sua atuação com cada cliente ou prospect, facilitando a sua atuação e assessoria e, por consequência, a qualidade do serviço prestado.

Suitability

Também chamada de Avaliação de Perfis dos Investidores, essa ferramenta e metodologia de trabalho atende a uma exigência legal da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Desde 2015, todas as instituições e profissionais de investimento têm o dever de analisar seus clientes e classificá-los em perfis de investimento, sempre levando em consideração sua tolerância a riscos e sua disposição a aceitar perdas e oscilações negativas dos ativos financeiros, com a intenção de obter retornos e liquidez dessas aplicações. Os testes e ferramentas de Suitability devem observar os objetivos do cliente, sua situação financeira e sua qualificação, experiência, familiaridade e maturidade em investimentos. A SmartBrain já explicou em outro artigo como funciona esse questionário de avaliação de perfil de investimentos.

Além disso, essa classificação vai ajudar o profissional de investimentos a aconselhar, de maneira precisa, as formas de investimentos e ativos financeiros mais adequados para cada perfil de investidor. Depois dessa análise, um agente autônomo de investimentos, por exemplo, poderá definir se seu cliente é:

Conservador

É o tipo de investidor que tem aversão a riscos e prioriza a preservação do seu patrimônio em detrimento de altas rentabilidades. Por isso, é menos tolerante a perdas e falta de liquidez. Majoritariamente, esse é o perfil de investimento de investidores iniciantes, que não têm experiência  com o mercado financeiro, tampouco conhecimento técnico de cada tipo de ativo. Por isso, conhecer esse perfil pode ajudar o profissional de investimentos a oferecer

Moderado

Um pouco mais arriscado que o anterior, esse investidor está disposto a correr certos riscos, a fim de obter uma rentabilidade maior. Dessa forma, ele aceita diversificar seus investimentos de renda fixa, em fundos multimercados por exemplo, sempre dando a devida atenção à qualidade do gestor e do tipo de fundo. É importante ressaltar que para esse investidor, ativos de grande risco não representam uma grande porcentagem da sua carteira de investimento.

Arrojado/agressivo

Esse investidor assume riscos mais altos visando retornos maiores. Tem a compreensão de que a oscilação diária de cada mercado deve ser analisada a médio e longo prazo, o que implica na suavização dessas oscilações quando analisamos o cenário como um todo. Geralmente, é um investidor com mais experiência de mercado. Ele sempre terá uma parcela de seu patrimônio em aplicações conservadoras ou moderadas, o que lhe garante certa estabilidade, e diversifica a outra parcela em investimentos em operações de ações, fundos de ações ou de derivativos.

Contar com uma ferramenta que facilite esse processo de identificação é de extrema importância para que o profissional de investimentos possa montar uma carteira adequada às relações de risco/retorno de cada investidor.

 

Enquadramento

Enquadramento

Muito relacionada ao Suitability, os cálculos de enquadramento das carteiras devem levar em consideração a composição dos investimentos de um cliente com o seu perfil de risco. O Enquadramento deve ser realizado periodicamente para cada investidor, permitindo ao profissional de investimentos a realização de ajustes necessários quando há uma mudança na carteira de seus clientes.           

 

Essa etapa pode ser feita manualmente, mas pela complexidade e frequência dos cálculos, indica-se que seja realizada de forma automática e diariamente. Contar com uma ferramenta que facilite esse processo é um movimento que  agiliza muito a vida de um profissional de investimentos. A SmartBrain já discorreu melhor como funciona o enquadramento e sua importância para profissionais. Leia o artigo.

Know Your Customer

KYC – Know Your Customer

Contar com uma ferramenta tecnológica KYC - Know Your Customer, ou em português Conheça Seu Cliente, é fundamental para verificar a identidade de seus clientes e se respaldar contra roubos de identidade, fraude, lavagem de dinheiro e financiamento ao terrorismo.

 

É importante saber como foi gerado o patrimônio de cada cliente, a fim de atender as legislações antilavagem de dinheiro e manter um compliance robusto para sua operação como profissional de investimentos. Essas ferramentas investigam se o cliente ou potencial cliente está sendo sancionado, se está presente em alguma lista de atenção de órgãos regulamentadores antilavagem, por exemplo, e se são pessoas politicamente expostas.

 

A quantidade de documentos a serem levantados aqui é consideravelmente grande, como identidade, passaporte e registros corporativos. Devido a complexidade dessa operação, o ideal é contar com sistemas que façam o trabalho automaticamente, checando digitalmente com os órgãos responsáveis e empresas relacionadas.

SmartBrain - Consultor

Controle de Receitas e Rebates

Com o intuito de ter melhor controle sobre sua remuneração, um profissional de investimentos precisa de uma ferramenta para Controle de Receita e Rebates. Ela será bastante útil, já que a remuneração desse profissional varia muito: pode ser um fee mensal pelos serviços prestados, um percentual sobre os retornos dos investimentos de seus clientes, ou mesmo uma comissão para cada produto financeiro vendido. Esse tipo de solução ainda centraliza as informações  de cada contrato e os valores a serem recebidos pelos seus serviços, além de poder analisar essas receitas e comissões de diversas formas, seja por cliente, ativo, corretora, etc.

 

Por fim, a ferramenta permite controlar diversos agentes ao mesmo tempo, trazendo ganho de escala em um escritório com vários profissionais e proporcionando mais tempo para  realizar as tarefas mais importantes do seu dia a dia, como comparar e simular estratégias de investimento ou atender de forma mais próxima cada cliente.

Home Broker

Trading:

Home Broker

Essa é a ferramenta mais conhecida e que possibilita aos profissionais de investimentos realizarem as operações de compra e venda de ações. Sem ela, as negociações na Bolsa de Valores dos investidores pessoas físicas, ou de consultores, assessores e agentes autônomos seria impossível. Além do Home Broker, um profissional de investimentos tem acesso a várias outras ferramentas para transmitir ordens de aplicação e resgate em diversos tipos de ativos financeiros, seja ele CDBs, LCIs, LCAs, CRIs, CRAs ou até Fundos de investimentos. De maneira ágil, segura, online e, muitas vezes, mobile, já que existem sistemas robustos também para dispositivos móveis, como smartphones e tablets. Transmitir ordens de investimentos por meio da ferramenta certa gera praticidade, comodidade e agilidade. Com acesso à Internet, um computador e/ou celular, um profissional de investimentos está habilitado para operar.

Front Office

Comparadores de Investimento


Compardor

Seja para prospects, seja para clientes e para o próprio profissional, um comparador de investimentos permite a análise da rentabilidade, volatilidade e comportamento de diferentes ativos e aplicações financeiras entre si, avaliando desde CBDs, LCIs, Ações, títulos do Tesouro e também até fundos de investimentos.

Mas, muito mais do que comparar os ativos entre si, um comparador também possibilita a comparação com diferentes índices de referência, como CDI, IPCA e o Ibovespa. A SmartBrain explica melhor a importância de um comparador de investimentos neste outro artigo.

 

Simuladores de Investimentos

Simulador


Simular investimentos
é uma tarefa de extrema importância no que tange à visibilidade do portfólio de investimentos que você está sugerindo.

Com um simulador de investimentos robusto, é possível testar a combinação de diferentes ativos financeiros a fim de se criar  carteiras/portfólios de investimentos e analisar quais estão mais de acordo com o risco, retorno e liquidez, em diversas janelas de tempo, selecionando as datas de compra de cada ativo. É possível analisar, inclusive, a comparação da carteira com diferentes indexadores. Sua utilização é ampla na hora de demonstrar o comportamento da carteira de investimentos sugerida ao investidor.

Ambas as ferramentas, Comparadores de Investimento e Simuladores de Investimentos, tornam o atendimento ao cliente mais ágil e assertivo, além de proativo a encontrar e identificar informações relevantes para as estratégias de investimentos de seus clientes. Elas ainda otimizam a comunicação entre profissional de investimentos e cliente/prospect.

Pensando em atender essa demanda do mercado de investimentos, a SmartBrain conta com o smartComparador e o smartSimulador, como ferramentas modulares ao smartAdvisor, nosso sistema consolidador de extratos de ativos financeiros.

Consolidadores de Extratos de Investimentos

Consolidador de Investimentos SmartBrainFerramentas mais robustas oferecem ainda a possibilidade de analisar cada ativo financeiro de forma específica, gerando reports mais profundos sobre cada grupo de ativos ou de um investimento em específico . Com uma ferramenta dessa em mãos, um profissional de investimento se torna muito mais ágil na obtenção de dados relevantes para a carteira de cada cliente. Isso porque não é necessário esperar o fechamento dos extratos separadamente de cada instituição financeira: ganha-se velocidade na operação e poder de análise, considerando que o tempo que seria perdido para fazer todos esses cálculos em uma planilha de Excel.

Outra característica delicada que um consolidador de ativos deve oferecer é a precisão das informações. Com a tecnologia, os cálculos complexos para o cálculo da rentabilidade de cada ativo e da carteira com um todo deixam de ser manuais e, portanto, são mais precisos. O sistema deve ainda trabalhar com dados confiáveis, coletados de provedores oficiais, como: Anbima, CVM,a  Bolsa de Valores e o Tesouro Direto.

Por fim, seu benefício mais acentuado é a facilidade de visualização unificada das carteiras de seus clientes, com a possibilidade de estabelecer comparativos, reports e dashboards mais bem estruturados, implicando em uma análise mais assertiva.

Mockup 1A SmartBrain conta com duas ferramentas de consolidação: o smartAdvisor, nosso consolidador de extratos de ativos financeiros, e o smartRealEstate, nosso consolidador de extratos de ativos imobiliários.

Com as duas soluções à disposição, um profissional de investimentos está habilitado para atingir um patamar de inteligência de investimentos nunca antes visto no mercado, já que, até o lançamento do smartRealEstate, ativos imobiliários não eram analisados sob os mesmos critérios e minúcias que ativos financeiros, dificultando ao profissional uma gestão precisa e ao investidor a real visualização de seu patrimônio.

Conte com a tecnologia como aliada

Com essas tecnologias em mãos, um profissional de investimentos tem um maior controle de todo seu relacionamento de clientes, prospecção, remuneração e das carteiras de investimentos de seus clientes, com uma gestão em tempo real, com dashboards e reports bem estruturados, além da eficiência e exatidão de cálculos e precificação de ativos.

A plataforma SmartBrain conta com diversos  sistemas e ferramentas. Fale com um de nossos consultores para entender como nós podemos te ajudar a ser o mais produtivo, preciso e mais bem sucedido profissional de investimentos.

Pronto para trabalhar com mais inteligência?

Descubra como a SmartBrain pode te ajudar a elevar sua proatividade, assertividade e inteligência ao gerenciar as carteiras de seus clientes.

 

Preencha o formulário para entrar em contato conosco!

Preencha o form para conhecer a Plataforma SmartBrain!